A "misteriosa" pedra Santana, em Paramirim

 

 

 

 

A Pedra de Santana, é um monumento megalítico que localiza-se em uma propriedade particular na comunidade de Santana, à cerca de 13 km do município de Paramirim no Estado da Bahia,  Brasil.
A pedra se encontra sobre a Serra da comunidade de Santana em Paramirim na Bahia, a aproximadamente 950 metros acima do nível do mar. A comunidade de Santana fica a 13 quilômetros da Sede do município, estrada de terra. Paramirim esta situada na Chapada Diamantina Meridional, a cerca de 800 quilômetros da capital Salvador.
Realmente pouco se sabe sobre sua origem, pois o local é de difícil acesso no topo de uma montanha, não há vestígios de utilização de qualquer tipo de ferramenta, nem danos na base da rocha, que indiquem que as mesmas realmente tenham sido colocadas por humanos. A distância desde a comunidade até o topo da montanha é de cerca de 2 km , por uma trilha estreita, íngreme e cansativa em sua parte final, levando cerca de 40 minutos em um ritmo rápido. No topo da montanha, a visão do local é simplesmente magnífica. Ao redor e nas proximidades existem outras pedras superpostas, porém de menores dimensões e não tão exuberante como a Pedra de Santana. 
Monumento megalítico, ou megálito, do grego designa uma construção monumental com base em grandes blocos de pedras rudes são formações rochosas inexplicáveis, misteriosamente arrumadas ou alinhadas por civilizações pré-históricas, estão espalhados pelo mundo inteiro: Europa, China, América do Norte e Norte da Africa. 
Quando se pesquisa sobre o período Neolítico ou Período da Pedra Polida que foi quando surgiu as construções megalíticas cerca de 10.000 a.C, diz-se que não se aplica à pré-história americana, subsaariana, nem oceânica. A Pedra de Santana e muitos outros locais pelo mundo, sugerem que um dia houve uma conexão entre várias civilizações, em um mundo que não era tão primitivo como imaginamos.
Via: Acontece Na Bahia
SIGA - Enigmas Fantásticos 

Nenhum comentário:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site (portalinubia.com)

MAIS LIDAS DA SEMANA