Professora é demitida após beijar aluno de 14 anos

 

Uma professora de Artes de uma escola municipal da cidade de Praia Grande, no litoral do estado brasileiro de São Paulo, foi demitida após terem vazado mensagens revelando o envolvimento dela com um aluno, de 14, e essa demissão, surpreendentemente, provocou uma onda de revolta entre estudantes, que defendem a docente. Nas mensagens, a professora revela ter beijado o aluno, mas que isso "não a sossegou" e que sonha ter relações sexuais com o menor.

As mensagens foram enviadas pela professora para o telemóvel de uma aluna, também de 14 anos, da mesma turma do estudante beijado, em maio passado, mas só foram conhecidas na semana passada. A mãe da aluna que recebeu as mensagens resolveu fazer uma pesquisa no telemóvel da filha para ver com quem ela se relacionava e o que acedia na internet, encontrou as conversas e a confissão da professora e denunciou o caso à direção do estabelecimento de ensino, a Escola Municipal Vereador Felipe Avelino Moraes, dando início a um verdadeiro terramoto na entidade.

A direção da escola demitiu imediatamente a docente, mas informou-a de quem partira a denúncia, o que despoletou uma vaga de indignação e violência por parte de outros alunos da professora, que aparentemente tinha uma excelente relação com os estudantes a quem dava aulas. Alunos passaram a hostilizar dentro e fora da escola tanto a colega filha da pessoa que fez a denúncia quanto o melhor amigo dela, ambos também de 14 anos, responsabilizando-os pela demissão da professora.

Após dias consecutivos de turbulência no estabelecimento de ensino e de ameaças e agressões verbais aos dois alunos, os colegas partiram para a agressão na semana passada, encurralaram o amigo da menina que recebeu as mensagens quando ele chegava à escola e agrediram-no com bastante violência. O estudante não corre risco de morrer, mas, além de equimoses por todo o corpo, sofreu uma lesão na região do abdómen e está internado num hospital da região desde o passado dia 17.
//cmjornal.pt

Nenhum comentário:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site (portalinubia.com)

MAIS LIDAS DA SEMANA