#Bahia: Assembleia aprova reajuste salarial de 47% ao governo do Estado; Jerônimo vai receber R$ 35 mil

 

 

 

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou na noite desta terça-feira (13), projetos de leis enviados pelo executivo como a reforma do Poder Executivo do estado, proposto pelo governo de transição do governador eleito Jerônimo Rodrigues e enviado pelo atual chefe do executivo Rui Costa. Em 2023, Rui será ministro da Casa Civil do governo Lula.

Parlamentares estaduais também aprovaram um aumento de salário dos cargos de governador, vice-governador e secretários estaduais. Além da autorização para contratação de um empréstimo no valor de R$ 100 milhões, para financiamentos de obras como a fase II do Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável do Estado da Bahia, e outro no valor de R$ 150 milhões, para serem aplicados nas obras da Ponte Salvador-Itaparica.

Vale destacar que o governador passará a ganhar um valor de R$ 35 mil e não mais o de R$ 23,5 mil. O cargo de vice-governador e secretários estaduais terão um aumento de R$ 10.925.

Na reforma do Poder do executivo, mudanças como a extinção da Bahiatursa chama a atenção. O setor será adicionado a Secretaria Estadual de Turismo.

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHS) será dividia em duas: Justiça e Direitos Humanos (SJDH) e Assistência e Desenvolvimento Social (Seades). Já a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial mudará para Secretaria da Igualdade Racial e dos Povos e Comunidades Tradicionais.

A Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) também sofrerá mudanças e passará a se chamar de Superintendência de Desenvolvimento Agrário (SDA). Ao todo, os parlamentares votaram em 39 projetos.
Foto: Adriel Francisco
Fonte: iBahia

Nenhum comentário:

MAIS LIDAS DA SEMANA