#Bahia: Com acusação de falta de pagamento da prefeitura, Aeroporto de Guanambi pode ser paralisado


O Aeroporto Municipal Isaac Moura Rocha, em Guanambi, na Bahia, pode ter as operações aeroportuárias interrompidas pela responsável administrativa Infracea, que acusa falta de pagamento por parte da prefeitura do município.

A prefeitura, que paga cerca de R$ 66.250,00 por mês à empresa para administrar o aeroporto, estaria com pagamentos pendentes há três meses. Ainda segundo informações, a Infracea já teria entrado em contato com a Azul Linhas Aéreas para suspender a venda de passagens enquanto o débito não fosse quitado.

Conforme relata a Folha do Vale, o último pagamento realizado pela prefeitura teria sido no dia 5 de outubro, referente à prestação do serviço entre os dias 15 de julho e 15 de agosto. Com três meses de atraso, a Infracea, mediante cláusulas contratuais, poderia rescindir o contrato, culminando na suspensão dos voos da Azul e na perda da certificação aeroportuária, conquistada há não muito tempo.

Diante de comunicado interno que representantes da empresa Infracea repassaram, na manhã a quinta-feira (24), à imprensa, à Azul Linhas Aéreas e à Seinfra/BA, citando as suposta três pendências em faturas mensais do contrato firmado entre a Prefeitura de Guanambi e a empresa, a Prefeitura esclareceu:

– Todas as obrigações concernentes à gestão estão sendo cumpridas fielmente e, no dia de hoje, não há nenhuma pendência com a empresa, pois a fatura de novembro só vence posteriormente, após o encerramento do mês;

– A única nota empenhada, referente ao mês de outubro, que foi dada entrada no dia de hoje na Sefaz Municipal, foi paga na mesma manhã;

– A Prefeitura de Guanambi repudia um infeliz comunicado, que não condiz com a verdade dos fatos, causando um verdadeiro terrorismo social e induzindo a imprensa de boa-fé e cidadãos ao erro;

– A atual gestão está focada em seguir investido no Aeroporto Municipal, modernizando e ampliando as suas instalações, e celebra com a população de Guanambi e da região o sucesso das operações dos voos regulares da Azul Linhas Aéreas, sonho antigo que só se tornou realidade após o investimento de mais de R$ 2 milhões, através de emenda parlamentar do deputado federal Arthur Maia e após a atual gestão resolver com firmeza, trabalho e coragem, as pendências existentes há muitos anos, nos órgãos reguladores e pessoalmente com a presidência da Azul.

Nenhum comentário:

MAIS LIDAS DA SEMANA