Eleições 2022: ACM Neto já soma o apoio de cerca de 200 prefeitos na disputa para governador

 

 

 


Pré-candidato da União Brasil ao governo do estado, ACM Neto já consolidou o apoio oficial de aproximadamente 200 dos 417 prefeitos baianos na disputa pelo Palácio de Ondina, de acordo com o balanço mais atual fornecido à coluna pelo comando político da pré-campanha do ex-prefeito de Salvador. A marca foi alcançada após as adesões de três novos nomes: Nilza da Mata (PP), de São Sebastião do Passé; Doutor Almeida (Pros), de Canavieiras; e Fortunato Costa, o Nena (PSD), de Inhambupe, último a entrar na lista. “Temos ao menos outros 30 com acordo fechado, mas ainda sob sigilo”, disse o ex-deputado Luciano Ribeiro, um dos articuladores de Neto junto às lideranças do interior.

Primeira vez

“Jamais se viu um candidato de oposição a governador da Bahia somar uma quantidade tão expressiva de prefeitos antes do período eleitoral. Isso é inédito. O número só não está maior porque o governo do PT conseguiu manter apoio por mais algum tempo usando o caixa da máquina pública do estado”, emendou Ribeiro.

Milagre da multiplicação
No balanço de alianças confirmadas, além da capital, Neto conquistou o apoio dos prefeitos de sete dos dez maiores colégios eleitorais do interior: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Camaçari, Juazeiro, Jequié, Teixeira de Freitas e Barreiras. O que garante a ele uma base de votos numericamente superior à do principal concorrente, Jerônimo Rodrigues. O domínio se estende também quando a lista é ampliada para os 30 municípios mais populosos, com 18 aliados, quase o dobro dos dez aliados do petista. Nas 13 cidades da Região Metropolitana de Salvador, Neto tem oito prefeitos e está prestes a atrair outros dois.

Quebra de barreira

Disposto a expandir o mapa de alianças, o ex-prefeito intensificou a agenda de viagens. De amanhã a domingo, ACM Neto baterá o recorde de visitas feitas de uma só leva, com o périplo por 14 municípios: Teodoro Sampaio, Terra Nova, Cruz das almas, Conceição do Almeida, Dom Macedo, São Félix, Cachoeira, Governador Mangabeira, Sapeaçu, São Felipe, São Miguel das Matas, Castro Alves, Amargosa e Itatim. Até então, o maior número foi registrado de 19 a 22 de maio, com 12 cidades. 
// Correio

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA