Policiais militares são acusados de abuso de poder durante abordagem à estudantes em Dom Basílio

 

 

 


Dois policiais estão sendo acusados de abuso de poder em Dom Basílio, após abordarem ao menos sete estudantes com idades entre 15 e 17 anos. Apenas uma das vítimas é maior de idade. O caso ocorreu na última terça-feira (03), mas não havia sido divulgado pela Rádio Portal Sudoeste, porque os fatos estavam sendo apurados. A identidade dos agentes não serão divulgadas porque as investigações seguem em curso. A situação aconteceu por volta das 10h30 nas imediações da praça Senhor do Bonfim. Segundo relatos dos menores aos pais, ambos consumiam refrigerantes e salgados em um estabelecimento comercial, quando um deles teria imitado o barulho da sirene da Polícia. Neste momento, a viatura ia passando e em seguida fez o contorno, retornou ao local, e os dois policiais desceram e realizara a abordagem. Imagens de câmeras de monitoramento flagraram a ação. É possível ver que os menores são colocados contra uma parede e ficam com as mãos sobre a cabeça. Em seguida um dos PMs chuta a perna de um dos adolescentes para ter mais espaço entre uma perna e outra. Além disso, segundo relataram os menores aos pais, após o término da abordagem, os PMs teriam colocado eles de frente para outras pessoas que estavam em uma praça das proximidades, e pedido aplausos por parte dos presentes. Houve ainda relatos de agressões e da quebra de um aparelho celular pertencente a uma das vítimas. O pai de um dos adolescentes, que não quis se identificar, conversou por telefone com a redação de jornalismo e contou um pouco sobre a situação. Ele relatou que quando soube do acontecimento, castigou seu filho, mas que na quarta-feira (04), quando teve acesso às imagens, pediu desculpas ao menor. “Quando meu filho relatou o ocorrido, procurei logo castiga-lo. Fui criado assim e não acho que com meu filho dará errado. Porém, na quarta-feira quando vi as imagens, tive ataque de nervos, fiquei em pânico de tão nervoso e acabei pedindo desculpas a ele. Se não fosse as imagens, teria acreditado na versão do policial, o qual eu conheço e havia me dito que tinha sido apenas uma abordagem para orientação”, disse. O pai ainda relatou que todas as providências foram tomadas, com acionamento do Ministério Público. Um boletim de ocorrência ficou de ser registrado na delegacia local. Ainda segundo ele, o prefeito da cidade Roberval Meira está dando todo apoio aos pais dos alunos envolvidos no caso. O conselho tutelar da cidade também foi acionado e já ouviu os estudantes. Outra mãe, que terá identidade também preservada, disse que não esperava essa atitude por parte dos agentes. “Sempre falei pra meus filhos que a polícia é pra proteger, e os ensinei a aplaudir a PM toda vez que que a viatura passasse, porque sempre ensinei a eles que policiais são heróis. E agora, o que falarei pra eles depois dessa situação?”, questionou. Os alunos estudam no Colégio Estadual Manoel Francisco de Caires. A unidade de ensino informou que os estudantes estavam em semana de provas, a após a aplicação do conteúdo, eles foram liberados, junto com outros estudantes e aguardavam o a saída do transporte para retornarem para suas casas. A 46ª CIPM, responsável pelo patrulhamento ostensivo em Dom Basílio, informou através de nota que assim que tomou ciência dos fatos, a Corregedoria Setorial da Unidade adotou medidas administrativas, dentre elas, o imediato afastamento dos policiais das atividades operacionais daquela cidade, até que sejam concluídas as apurações. Esclareceu ainda que, os pais dos adolescentes foram ouvidos pelo Comandante da Unidade e que foi instaurado procedimento investigatório. “A Unidade ressalta que, dentre os seus pilares, estão a Ética, Qualidade e Segurança, valores que norteiam os trabalhos desenvolvidos diuturnamente em Livramento de Nossa Senhora e nos demais municípios que integram sua área de atuação. Por fim, a 46ª CIPM reafirma o compromisso institucional e a responsabilidade para com a sociedade na manutenção da paz”, diz a nota.

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA