Dois PMs são mortos ao retornar de velório de colega assassinado na Bahia

 

 

 


Dois policiais militares foram mortos em Fazenda Grande I, na Boca da Mata, em Salvador, na noite desse domingo (09). Eles voltavam do enterro do soldado Alexandre José Ferreira Menezes Silva, 30, morto durante operação policial no sábado (7).

Os soldados Victor Vieira Ferreira Cruz e Shanderson Lopes Ferreira eram lotados na 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), assim como o soldado Alexandre.
Ainda não há detalhes de como aconteceu a morte dos policiais. Segundo a Polícia Militar, policiais da 3ª CIPM foram acionados pelo Cicom para averiguar uma denúncia de que dois policiais haviam sido baleados, em Fazenda Grande I, bairro de Boca da Mata. Ao chegarem ao local, os policiais constataram o fato e prestaram socorro aos colegas.

Um dos militares foi socorrido ao Hospital Municipal de Salvador, enquanto o outro militar recebeu atendimento do Samu no local. No entanto, os policiais não resistiram aos ferimentos e morreram.

Em uma página no Instagram, a CIPM lamentou a perda dos policiais. "Heróis não morrem, partem na frente para guiar o exército até a grande glória! Nossas condolências".

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que "que todas as forças de segurança estão atuando em conjunto para elucidar, identificar e capturar todos os envolvidos nas mortes de três policiais militares". Ainda de acordo com a secretaria, as famílias estão recebendo assistência da instituição. 

A SSP ressaltou ainda que unidades territoriais e especializadas da PM e PC atuam, de forma incessante, nas regiões de Águas Claras, Cajazeiras e Boca da Mata.

Operação
No sábado, de acordo com informações da PM, duas viaturas com equipes da 3ª Companhia Independente (CIPM/Cajazeiras) estavam fazendo rondas de rotina na Rua Ulisses Guimarães quando, por volta das 22h, foram recebidas a tiros por um grupo de homens armados.  

No tiroteio, dois soldados da PM ficaram feridos. Alexandre, que foi baleado na cabeça, e seu colega, Danilo Nunes Pinto Souza, atingido de raspão na orelha.

Alexandre foi socorrido pela própria viatura para o Hospital Eládio Lasserre e, após avaliação e primeiros atendimentos, foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado, mas não resistiu e chegou à unidade de saúde já morto. Já Danilo passa bem.
//Correio 24horas

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA