#Bahia: Secretaria de Saúde emite alerta sobre sintomas da varíola dos macacos

 

 

 


A Secretaria Estadual da Saúde da Bahia (Sesab) emitiu um alerta para os municípios baianos sobre os sintomas da varíola dos macacos. Até a manhã desta segunda-feira (30), nenhum caso da doença havia sido registrado no estado. Apesar de ser transmitida pelos primatas, a varíola dos macacos também pode ser propagada por outros tipos de animais como, por exemplo, esquilos e roedores. Ela causa um quadro semelhante a varíola humana. Segundo a Pasta, basicamente o que vai chamar atenção é o indivíduo que viajou -- ou vem de fora -- e apresenta o que chamamos de lesões vesiculares pustulosas. Ela começa na cabeça, passa para o tronco e depois tem uma distribuição centrífuga para os membros. É associada sempre a febre, dor de cabeça, dor nas costas e no corpo. Mas o que vai realmente chamar a atenção são as feridas no corpo. Para evitar o contágio, é preciso fazer uso de máscara e higienizar as mão. A SESAB ainda destacou que a varíola dos macacos é altamente transmissível e pode levar ao óbito. Além da Bahia, os estados do Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina também emitiram estado de alerta para a doença, principalmente nos aeroportos.
//Do g1

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA