Jaguatirica e cobra Jiboia foram encontrados mortos na BA-148 entre Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora

 

 

 




O Registro foi feito na BA-148 entre Rio de Contas e Livramento de Nossa Senhora, por volta das 5h da manhã desta quarta-feira, 06 de abril,  pelo ciclista Zé Rocha da cidade de Livramento. Pelo ferimento na cabeça a Jaguatirica foi possivelmente atropelada. A Jiboia ainda estava com a presa e foi atropelada por veículo de porte menor.

A jaguatirica, também conhecida como gato do mato, é um animal da família dos felinos, considerado o terceiro maior entre eles, ficando atrás apenas da onça pintada e do puma.  O nome “jaguatirica” tem origem na língua tupi-guarani. Ela é composta pela junção das palavras: îagûara ("onça") e tyryka ("recuo, afastamento, fuga"), formando o significado: "onça que se afasta".
Por outro lado, o nome científico do animal é “Leopardus pardalis”, resultante da combinação de duas palavras de origem grega: Leopardus, que traduzido significa "leopardo", e é uma composição das palavras: "leão" e "pantera", e “pardus”, que traduzido significa: pantera, e é descrita como um felino malhado e de grande porte.
Sua aparência, inclusive, se assemelha muito a de uma onça pintada, porém a jaguatirica tem um porte menor. Ela tem uma pelagem marrom brilhante, com pintas amarelas, na posição horizontal, circundadas pelo preto.
Grande parte das jaguatiricas são encontradas em países da América do Sul, como o México e Estado Unidos, e em toda a América Central. Elas habitam savanas, pantanal, caatinga, cerrado, mangues, e florestas tropicais e subtropicais. Entretanto, alguns fatores externos tem contribuído para que esse animal esteja ameaçado de extinção, como a caça ilegal, a falta de alimentos e o desmatamento.
Já a  Jiboia é uma serpente do grupo das constritoras que se destaca pelo seu grande porte, comportamento noturno e por ser a segunda maior espécie de serpente do Brasil.
As jiboias são répteis da família Boidae, a família onde se encontram as maiores serpentes do planeta. Ela é considerada a segunda maior espécie do território nacional.
//Nova Rio De Contas FM

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA