#Brasil: Empresária é presa suspeita de matar mulher e ferir outra ao atropelar as duas após discussão

 

 

 

A empresária Murielly Alves Costa, de 27 anos, foi presa suspeita de matar uma mulher e ferir outra ao atropelar as duas em frente a uma distribuidora de bebidas na madrugada desta quinta-feira (21), em Goiânia. Imagens mostram a mulher avançando com o carro para cima das vítimas.
Ao g1, a defesa da jovem informou que irá se posicionar após ela prestar depoimento na tarde desta quinta-feira (21). Até a última atualização desta reportagem, o advogado que representa a investigada não havia se posicionado.

O caso aconteceu no Setor Jardim Pompéia e a mulher foi presa em Nerópolis, na Região Metropolitana da capital. As imagens ainda mostram que o carro, de luxo, modelo Mercedes Benz, chegou a invadir um comércio com o impacto da batida.

Segundo a ocorrência registrada pela Polícia Militar, o crime aconteceu após uma discussão entre Murielly e a vítima que morreu no local, Bárbara Angélica Barbosa, de 30 anos.

Testemunhas contaram aos policiais que a empresária começou a discutir e Bárbara pediu que ela fosse embora. Com isso, Murielly entrou no carro, deu ré e acabou atingindo uma mulher e, em seguida, a vítima tentou impedir que a motorista fosse embora, momento em que também acabou sendo atropelada.

Murielly Alves Costa, de 27 anos, em Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

“Após discussão com a vítima, ela [Murielly] teria entrado no veículo Mercedes, engatado a marcha ré, atingido um vindo de modelo Celta, de propriedade de Bárbara, ocasionando o atropelamento”, descreve a ocorrência.
Imagens mostram como o carro da empresária ficou após os atropelamentos e depois de bater contra a parede do açougue (veja abaixo). À Polícia Militar a mulher contou que não se lembra do que aconteceu.

Carro de Murielly após atropelamento, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Ainda de acordo com a PM, Bárbara chegou a receber atendimento do Corpo de Bombeiros, mas morreu na calçada. Já a empresária fugiu do local do crime.

Ainda de acordo com a polícia, o corpo de Bárbara está passando por perícia no Instituto Médico Legal (IML). Já a outra mulher que foi atropelada, recebeu atendimento médico e já foi liberada do hospital. O caso é investigado pela Polícia Civil.
//Do g1 Goiás

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA