#Bahia: Lençóis e Irecê estão entre as dez melhores cidades da Bahia para abrir um negócio

 

 


Contrariando o que à primeira vista pode parecer duvidoso para quem deseja abrir um negócio, muitas cidades no interior da Bahia oferecem um cenário positivo para atrair investimentos. Fora da capital baiana e da Região Metropolitana, dez municípios se destacam.

Para a consultora técnica do Sebrae, Taiane Jambeiro, um dos aspectos que coloca a região interiorana nessa posição, é o fator da demanda e oferta. Enquanto na capital, a cartilha de serviços ofertados pelos negócios que atuam no centro urbano é vasta e consegue atender grande parte da procura, no interior, há maior possibilidade de surgirem novas demandas.

O que faz de uma cidade o paraíso dos investimentos, de acordo com a consultora, vai além das características  mercadológicas, populacionais, sociais, econômicas e de infraestrutura do local .Esses fatores devem ser levados em consideração, mas apenas após a definição do tipo de negócio que será levado para a cidade. 

Se o local escolhido atende questões particulares da empresa como: proximidade com a concorrência, formato físico ou online e proximidade com o público alvo (baixa renda ou alta renda), ele é o lugar mais certo para o investimento. 

Seguindo suas características, cada cidade pode apresentar um setor de negócios com maior tendência de sucesso para aquela região, e no interior, adicionando sua característica de maior possibilidade de apresentar novas demandas, não é diferente. Por isso, a consultora do Sebrae, Taiane Jambeiro, listou, com base nos dados levantados pela ferramenta Radar do Sebrae, as 10 melhores cidades do interior para abrir um negócio.

Feira de Santana
Porque investir: segunda maior cidade da Bahia e setor comercial forte.
Tendências de mercado: eletrônicos, casa lotérica, motel e calçados

Vitória da Conquista
Porque investir: setor comercial mais forte da região Sul
Tendências de mercado: aluguel de roupas, consultórios médicos, serviço veterinário e dentista

Lençóis
Porque investir: setor turístico aquecido e proximidade com região turística
Tendências de mercado: floriculturas, suvenires, bijuterias e artesanatos

Luiz Eduardo Magalhães
Porque investir: crescimento do agronegócio
Tendências de mercado: transportadora de cargas, equipamentos para escritório, autopeças e contabilidade

Teixeira de Freitas
Porque investir: setor turístico aquecido e proximidade com estados do Sudeste do Brasil
Tendências de mercado: comércio de tecidos, bar e restaurante, lavanderia e 
serviços advocatícios

Ilhéus 
Porque investir: setor turístico aquecido e forte produção de cacau
Tendências de mercado: floriculturas, suvenires, bijuterias e artesanatos

Juazeiro
Porque investir: comércio forte 
Tendências de mercado: higienização de imóveis, academias, equipamentos para escritórios e lanchonete

Santo Antônio de Jesus
Porque investir: comércio forte e proximidade com Região Metropolitana
Tendências de mercado: lanchonete, loja de produtos de limpeza, armarinhos, loja de móveis

Irecê
Porque investir: comércio forte e proximidade com região turística
Tendências de mercado: lan house, gráfica, salões de beleza e comércio de roupas e confecções

Senhor do Bonfim
Porque investir: comércio forte 
Tendências de mercado: hortifrutigranjeiros, lava jato, calçados, bares e restaurantes.
Via: Correios 24horas 

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA