Adolescente de 13 anos mata mãe e irmão após ficar sem jogos; pai está grave

 

 

 


Um menino de 13 anos é suspeito de matar a mãe, de 47, e seu irmão mais novo, de 7, e balear o pai de 57 anos por causa de cobrança de rendimento escolar. O caso aconteceu no último sábado (19/03), dentro da residência da família em Patos/PB. 
Em depoimento à polícia, o confessou ter cometido os crimes por motivos banais: a pressão crescente da família por notas boas e a proibição de usar o celular para jogar e para conversar com os amigos.

O pai do menino foi à farmácia comprar um remédio para a esposa e, pouco antes de sair de casa, retirou o celular do menino, no que foi definido pela criança como sendo “a gota d’água” que desencadeou o crime.

Quando o pai retornou da farmácia, já encontrou a esposa morta, baleada quando estava deitada. Encontrou o filho com a arma na mão e pediu para ele soltar o revólver. Ao invés disso, o menino atirou no pai e o atingiu no tórax, deixando-o gravemente ferido.

Com o barulho dos tiros, o irmão do suspeito, de sete anos, correu para abraçar o pai. Acabou sendo baleado pelas costas e morrendo no local.

O menino foi apreendido pouco depois do crime e levado para a Delegacia de Homicídios e Entorpecentes da Polícia Civil em Patos.
//Do G1 Paraíba 

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA