Prefeito de Salvador diz que dois de seus filhos não se vacinaram porque ex-mulher não quer

 


O prefeito de Salvador, Bruno Reis, afirmou, nesta sexta-feira (04), que seus dois filhos, frutos de um casamento anterior ao atual, não tomaram a vacina contra Covid-19 por opção da mãe das crianças. Outros gestores públicos já anunciaram o status da imunização dos filhos.
Apesar de não ter vacinado os filhos, frutos do primeiro casamento, Bruno Reis reforçou seu apoio ao ciclo de vacinação das crianças. Na capital baiana, a campanha de imunização tem contemplado o público entre 5 e 11 anos.
“Já tenho uma filha vacinada. Tenho outros dois filhos, em idade de vacinação, que a mãe, com quem eles moram, que é médica, é contra a vacina. Venho manifestando a minha opinião favorável, que é o que me cabe fazer nesse momento. Caso não a convença, só me cabe respeitar", disse o prefeito.

Na última terça-feira (1°), o governador da Bahia, Rui Costa, disse, nas redes sociais, que vai vacinar as duas filhas contra a doença, mas não vai divulgar quando isso acontecer.

"Minhas filhas serão, sim, vacinadas contra a Covid-19! Mas isso não se tornará um ato político, como querem alguns. Sempre defendi a ciência e a vacina, mas não vou expor minhas filhas para satisfazer vontade de gente inescrupulosa. Quem tem vida pública e política sou eu, não elas", disse o governador.

O g1 entrou em contato com o Governo da Bahia, que manteve a posição divulgada por Rui Costa nas redes sociais, e afirmou que não será compartilhado publicamente quando as meninas forem ou não vacinadas.

Outro gestor público que vacinou os filhos foi o secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates. As duas crianças receberam o imunizante no dia 22 de janeiro.

"Gente, que felicidade! Meus filhos, Julinha e Leleco, vacinados contra a Covid-19! Convido a todos que levem os seus pequenos para vacinar! Esse é um ato de amor", disse Leo Prates nas redes sociais.
//G1

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA