Brasil estuda rebaixar status da Covid de pandemia para endemia


O Ministério da Saúde estuda rebaixar o status da Covid-19 de pandemia para endemia. A discussão oficial com o corpo técnico da pasta deve ter início em quatro a cinco semanas e envolverá as secretarias de saúde dos estados e do Distrito Federal e seus conselhos de saúde. A alteração conta com apoio da apoio da Opas (Organização Pan-Americana de Saúde), segundo o governo.

O ministério já estudava a medida há algumas semanas. A pasta pretende debater o tema cerca de 15 dias após o Carnaval, quando é esperado aumento no número de casos, apesar das medidas restritivas.
O debate sobre rebaixar a Covid-19 a uma endemia acontece depois que países como Dinamarca, Espanha e Reino Unido tomaram a iniciativa. A ação para mudança de status deve levar em consideração parâmetros técnicos oficiais internacionais.

Com a mudança, medidas de segurança, como o uso de máscara, distanciamento social, restrição de acesso a lugares, fechamento de espaços e uso de álcool em gel, devem ocorrer de forma pontual, localizada.
O ministério analisa se haverá a confirmação de que quando o número de mortes pela variante Ômicron cair a doença terá perfil parecido com o da influenza ou da dengue, com pequenos surtos.
Pandemia x Endemia
Tornar-se uma doença endêmica significa que a Covid-19 pode ser mais uma enfermidade que acomete a população e nunca desaparece totalmente, como acontece com a gripe, o sarampo e a dengue. É uma situação diferente, por exemplo, da gripe espanhola, que nunca mais se repetiu após ter causado uma pandemia no início do século 20.

Uma doença pode ser classificada da seguinte maneira:

Surto: Ocorre quando há um aumento repentino no número de casos de uma doença em uma região específica.

Epidemia: Caracterizada pelo surgimento de surtos em diversas regiões. Sejam diversos bairros em um município, diversas cidades em um estado ou muitos estados em um país.

Pandemia: Quando uma epidemia se espalha por diversas regiões do planeta e é encontrada em continentes distintos.

Endemia: Não leva em conta o número de casos, mas a frequência ao longo do tempo. Uma doença é considerada endêmica quando ocorre por um período estendido em um mesmo local, podendo ser sazonal ou não. No Brasil, a febre amarela é considerada endêmica na região Norte e a dengue é considerada endêmica em certos períodos do ano.
//Do R7

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA