Prefeitura de Guanambi informa que não haverá festa de Réveillon este ano

 






O Secretário de Cultura, Esporte e Lazer Victor Boa Sorte descartou a realização do Réveillon em Guanambi no final deste ano. Diante da redução dos números relacionados a pandemia de Covid-19, criou-se a expectativa da realização da festa.

Foram feitas sondagens sobre possíveis contratações de atrações musicais, entretanto, mediante a impossibilidade de um controle rigoroso dos protocolos sanitários, a ideia foi descartada. No ano passado, também já em pandemia, não foi realizado o tradicional festejo.

“É impossível controlar e fazer cumprir as medidas de combate à doença em uma praça pública, com muitos acessos, diferente dos eventos fechados e privados, onde existe um protocolo de controle dos vacinados e considerando que o Governo do Estado está liberando eventos com até três mil pessoas somente agora, o réveillon é festa de 40 ou até 50 mil pessoas, é muito prematuro ainda e arriscado”, disse o secretário Victor Boa Sorte.



A Prefeitura de Guanambi nesta quarta-feira (10), flexibilizou as medidas de combate a Covid e autorizou a realização de eventos com a presença de público de até 2.000 (duas mil) pessoas. A realização de eventos privados está condicionada a comprovação da aplicação das duas doses da vacina ou dose única, mediante apresentação do documento de vacinação fornecido no momento da imunização ou do Certificado Vacinação COVID-19, obtido através do aplicativo "CONECT SUS" do Ministério da Saúde.

Expectativa para o carnaval

Ainda segundo o secretário, existe uma expectativa da retomada dos eventos de carnaval de rua, como o de Mutans, e que tudo vai depender do avanço da vacinação e números da pandemia no período. “O Governo do Estado está bem cauteloso também quanto ao carnaval de Salvador e segue em compasso de observação dos números da pandemia”, afirmou.
//ASCOM

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA