Ibipitanga/BA: Mãe de filha especial denúncia o péssimo atendimento prestado pelo hospital municipal

 




O Sistema Único de Saúde (SUS) é um dos maiores e mais complexos sistemas de saúde pública do mundo, a sua criação proporcionou o acesso universal ao sistema público de saúde, sem discriminação, ou seja, “Saúde é direito de todos e dever do Estado”, mas infelizmente não é essa realidade que alguns contribuintes encontram quando precisa do serviço. Desde as esferas Federal, Estadual e Municipal, o SUS é alvo de reclamações, a principal delas são as demoras nos atendimentos.

Nesta terça-feira 23 de novembro de 2021, a senhora Maria Xavier Rodrigues, moradora do povoado de Riacho próximo da divisa entre Boquira e Ibipitanga, precisou levar sua filha de nome, Elizabeth Rodrigues da Silva, 21 anos, portadora de necessidades especiais, ao Hospital Municipal de Ibipitanga.
Segundo informações da genitora, a mesma chegou ao Hospital com sua filha por volta das 9h, passou pela triagem e ficou aguardando o atendimento do médico plantonista. Mais segundo a Lei 10.048, de 2000, o atendimento deve ser prioritário às pessoas com necessidades especiais entre outras. 
Ainda segundo informações da mãe da garota, após quase três horas de espera foi chamada pelo médico. Maria Xavier Rodrigues relatou indignada a forma que foi tratada pelo profissional. Segundo ela, ao relatar algumas queixa e pedir algumas solicitações para o médico, o profissional mandou ela procura a unidade de saúde de Boquira, pois eram lá que ela morava.
Ainda segundo Maria Xavier Rodrigues, o povoado que ela mora realmente fica no território de Boquira, mas como Ibipitanga fica mais próximo, melhor acessibilidade, seus documentos, inclusivo o titulo eleitoral são de Ibipitanga.

A redação do site  Boquira em Ação tentou contato com o hospital de Ibipitanga através do telefone: (77) 3674-2017, a fim de obter informações sobre o fato, porém sem êxito. Caso o Hospital Municipal de Ibipitanga queira se-pronunciar sobre o assunto o espaço fica aberto através do nosso whatsApp: (77) 9 9979-4474 ou pelo e-mail: boquiraemacao@hotmail.com. 
Com informações do site  Boquira em Ação

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA