Executivos portugueses conhecem potencial vitivinícola da Chapada Diamantina

 


As cidades de Mucugê e Ibicoara, na Chapada Diamantina, foram os destinos escolhidos pelo vice-governador e secretário do Planejamento, João Leão, para mostrar o potencial vitivinícola da região aos executivos portugueses da rede de hotéis Vila Galé e da vinícola Santa Vitória, na quarta-feira (24), e na quinta-feira (25). De acordo com o presidente do grupo, Jorge Rebelo, eles ficaram interessados em investir na região, combinando hotelaria e vinícola, além de analisar a viabilidade de um projeto para produção de azeite e azeitona.
“Essa visita à Chapada Diamantina já é fruto da nossa missão internacional em Portugal. Apresentamos as oportunidades de investimento na Bahia durante a viagem e agora viemos in loco para os executivos conhecerem de perto áreas para uma possível implantação de uma vinícola do grupo. Estivemos também na Vinícola UVVA, na Fazenda Progresso, Mucugê. Em breve, teremos ainda a visita de mais nove portugueses e seis franceses, passaremos pela região da Chapada novamente, incluindo Morro do Chapéu e o município de Barra, no Oeste baiano. Estamos trabalhando pelo engrandecimento da Bahia”, declara Leão.
“O vice-governador João Leão tem nos convidados pra conhecer vários projetos no interior da Bahia. Já fomos a Casa Nova, Barra e agora viemos aqui. O que encontramos aqui superou largamente nossa expectativa. O lugar é maravilhoso, está vinícola Uvva é do nível do que há de melhor. Nós ficamos interessados em fazer aqui um tipo de parceria que vamos estudar. Nosso projeto é uma combinação entre hotelaria e vinícola. Vamos analisar se tem viabilidade para um projeto de olival para fazer azeite e azeitona”, declara Jorge Rebelo, presidente do Grupo Vila Galé e da Vinícola Santa Vitória.
A vinícola Uvva é o mais novo projeto da Fazenda Progresso, que é internacionalmente conhecida pelo café Latitude 13. O empreendimento é reconhecido também pelo cultivo de batatas. São produzidas 1,5 milhão de sacas de batatas de 50kg por ano, que são colhidas todos os dias, o ano inteiro e fornecidas para todo o Nordeste.
Foto: Ascom/Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan)

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA