menu

connecta

connecta

segunda-feira, 23 de agosto de 2021

Florestal 2021 reforça combate ao fogo na Chapada Diamantina e no Oeste

 


 Foto: Divulgação - Alberto Maraux
Intensificação das ações preventivas, equipes especializadas de prontidão para combate às chamas e trabalho integrado com os órgãos de proteção do meio ambiente. Todas as iniciativas integram a a Operação  Florestal 2021, lançada pelo Corpo de Bombeiros, na  manhã de quinta-feira (19), em Barreiras.
A operação também prevê o nivelamento dos profissionais para atuação  no período entre agosto e novembro, considerado período mais propício para o surgimento de incêndios florestais. 
No total, 93 bombeiros militares especializados em prevenção e combate às chamas podem ser empregados durante a operação. 
As regiões Oeste e da Chapada Diamantina são classificadas como prioridades, devido à grande quantidade de ocorrências registradas historicamente no estado.
"São duas regiões com grande diversidade de biomas e importância para os baianos, seja através do turismo ou da agricultura. A SSP disponibilizará todo o aparato necessário para esse trabalho e se orgulha muito dos profissionais envolvidos nessa operação, porque são extremamente capacitados e comprometidos", afirmou o secretário  da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, durante  o lançamento  da Operação.
Além do Corpo de Bombeiros, a Operação Florestal 2021 conta com a participação Polícia Militar, da Defesa Civil Estadual, da Secretaria do Meio Ambiente, do Instituto  do Meio Ambiente e brigadistas voluntários. 
"Precisamos do apoio da população na questão preventiva, mas se for necessário,  o Corpo de Bombeiros está  pronto para o combate", reforçou o comandante do CBMBA, coronel Adson Marchesini.
Também participaram do lançamento o subsecretário  da SSP, Hélio Jorge Paixão,  o diretor-superintendente da Defesa Civil, Jadson Ferreira de Almeida, entre outras autoridades. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA