Prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, morre aos 72 anos por complicações da Covid-19

 


Foto: reprodução intagram

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), de 72 anos, morreu por volta das 21h desta quinta-feira (18), devido a complicações da Covid-19. Ele estava internado há quase três meses no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratamento da doença. As informações são do G1/BA.

Herzem foi diagnosticado com Covid-19 em 7 de dezembro de 2020. Pouco mais de sete dias depois, ele foi internado em Vitória da Conquista, no Hospital Samur, com complicações pulmonares causadas pela doença. Em 26 de dezembro, ele foi transferido para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo e depois encaminhado para UTI.

Em janeiro ele deixou a UTI do hospital, mas no dia 6 de março, precisou retornar a Unidade de Terapia Intensiva e em uma mensagem nas redes sociais, ele mesmo explicou o motivo através de um áudio.

"Neste sábado, 6 de março a equipe médica achou por bem que eu voltasse para UTI eu estou ainda necessitando de mais oxigênio, então eu voltei para usar o cateter de alto fluxo. Continuo confiante em Deus, pedindo todas as orações e mandando um grande abraço para minha terra. Muito obrigado e que Deus abençoe a todos", dizia na mensagem.
Na última sexta-feira (12), Herzem precisou ser intubado após apresentar uma piora no estado de saúde, que era considerado grave.

A informação da morte nesta quinta-feira foi informada através de postagem nas redes sociais feita pela assessoria de Herzem.

"É com mais profundo pesar que informamos o falecimento do Prefeito de Vitória da Conquista, Sr. Herzem Gusmão, ocorrido na noite desta quinta (18), por volta das 21h, no Hospital Sírio Libanês. Informações do velório serão passadas pela Secretaria de Comunicação, SECOM. A família agradece todas as orações pela vida de Herzem".

Herzem deixa mulher, três filhos e um neto. Ainda não há detalhes sobre velório e sepultamento.

Herzem Gusmão foi reeleito no 2º turno das eleições em novembro de 2020. Por causa da internação dele, em 1º de janeiro a vice-prefeita Sheila Lemos (DEM) tomou posse do cargo de prefeita de Vitória da Conquista. Uma semana depois, Herzem tomou posse do cargo em cerimônia virtual.

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA