Cantor Belo é preso por fazer show e causar aglomeração durante a pandemia

 

Foto: Reprodução/TV Globo

O cantor  Belo, foi preso nesta quarta-feira (17), após realizar um show no Complexo da Maré (RJ) durante a pandemia, sem a autorização da Secretaria Municipal de Saúde. As informações são do G1.
De acordo com o veículo jornalístico. o evento aconteceu no dia 13 de fevereiro. Um inquérito foi aberto pela Delegacia de Combate às Drogas e quatro mandados de prisão preventivo e cinco de busca e apreensão no Rio. Uma das buscas foi realizada na sede da produtora Série Gold, responsável pelo evento.

Além do esposo de Gracyanne Barbosa, foram foram presos Célio Caetano e Henrique Marques, sócio da produtora, e Jorge Luiz Moura Borges, o Alvarenga, suposto chefe do tráfico no Parque União.

O G1 tenta contato com Belo nesta quarta-feira (17). Quando a investigação foi aberta, o cantor falou com a TV Globo.

“Fizemos o show seguindo todos os protocolos. Não temos controle do geral. Isso nem os governantes têm. As praias estão lotadas, transportes públicos, e só quem sofre as consequências são os artistas. Que foi o primeiro segmento a parar, e até agora não temos apoio de ninguém sobre a nossa retomada. Sustentamos mais de 50 famílias", disse.

A polícia informou ao G1 que todas as pessoas envolvidas no evento serão ouvido, inclusive o cantor irá esclarecer quem pagou o cachê de apresentação.
Via: ibahia

Nenhum comentário:

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA