menu

cmp

cmp

cido

cido

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Itaberaba é o segundo município da Bahia a firmar parceria com o Butantan para comprar 30 mil doses de vacinas contra covid-19


Em coletiva realizada na última terça-feira (5), quando empossou seu novo secretariado, o prefeito de Itaberaba, portal de entrada da Chapada Diamantina, Ricardo Mascarenhas (PP), anunciou a assinatura de um memorando com o Instituto Butantan para o fornecimento de 30 mil doses de vacina contra a covid-19.
O acordo foi assinado na última segunda-feira (04) e deve facilitar para o município a aquisição da vacina conhecida como ‘CoronaVac’ – já testada na China. Itaberaba é o segundo município da Bahia e o primeiro da região da Chapada Diamantina a firmar acordo com o Instituto Butantan para aquisição das doses de imunizantes.

Durante o evento, Ricardo falou de suas ações e uma delas é o plano de vacinação respeitando as áreas e grupos prioritários como os profissionais da saúde e da educação, que já tem 10 meses parados.

“Nós vamos fazer nosso plano também de imunização, com nossos profissionais da saúde, e colocando a vacina para pessoas idosas, professores, porque a gente precisa, de forma urgente, voltar às aulas. As crianças precisam estar de forma segura na escola e a gente vai criar um grupo prioritário para essas pessoas”, reforça o gestor.

O Instituto Butantan tem parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Biotech para o desenvolvimento de imunizantes contra o novo coronavírus. A vacina, que já se encontra em estágio avançado de desenvolvimento, também tem mostrado resultados promissores a partir de ensaios clínicos realizados pela instituição.

A vacina é produzida com fragmentos “desativados” do coronavírus para inoculação em humanos. Com a aplicação da dose, o sistema imunológico passaria a produzir anticorpos contra o agente causador da covid-19.

A previsão de fornecimento, segundo o documento, será a partir da solicitação do município “devendo manifestar sua plena disposição em ter uma quantidade disponível a partir de janeiro de 2021, com probabilidades de entregas adicionais em fevereiro e maior volume a partir de maio”.

Fonte: Jornal da Chapada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE