menu

cmp 05/05/2020

cmp 05/05/2020

cido

cido

SUPER CESTA 30/05/2020

sábado, 29 de agosto de 2020

Incêndio florestal é controlado por brigadistas em Rio de Contas, área destruída é de aproximadamente 118 hectares



 Foto: Reprodução/PMRC

O incêndio que atingiu parte de uma área de vegetação de Rio de Contas, a 78 km de Brumado, (veja aqui) foi debelado na quinta-feira (27), segundo informações da Secretaria de Meio Ambiente da cidade.

De acordo com o G1, a secretaria estima que aproximadamente 118 hectares da vegetação foram destruídos. A área tomada pelas chamas corresponde a cerca de 1,18 milhão de metros quadrados. O incêndio foi notado na quarta-feira (26). Brigadistas voluntários, com apoio da gestão da Área de Proteção Ambiental (APA) e da Secretaria do Meio Ambiente, combateram o fogo que só foi debelado no final da manhã de quinta-feira. Não há detalhes do que tenha provocado as chamas. Na quarta, a ação de combate às chamas ocorreu em uma linha de cerca de 2 km de fogo próximo ao Caiambola, povoado do município. As ações possibilitaram a preservação de áreas importantes do ponto de vista hídrico e ecológico. O combate evitou que os incêndios tomassem proporções maiores e consequências ao meio ambiente. Além disso, a área incendiada fica perto de um dos pontos turísticos da região: o Pico do Itobira. A secretaria informa ainda que nos dias 21 e 22 de agosto, ocorreu outro incêndio na área de proteção que não se alastrou. Os brigadistas fizeram o monitoramento da área, mas não precisaram atuar, já que houve uma neblina no local e o fogo extinguiu-se. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, a que 50% da Área de Proteção Ambiental fica em Rio de Contas, e o restante em outros cinco municípios da região: Rio do Pires, Piatã, Abaíra, Jussiape e Érico Cardoso. Os brigadistas seguem atentos aos possíveis incêndios florestais já que o período é de diminuição das chuvas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE