menu

SUPER CESTA 30/05/2020

cido

cido

cmp 05/05/2020

cmp 05/05/2020

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Campanha com o slogan 'Só tenha os filhos que puder criar' gera polêmica em RS


Outdoor foi fixado pela prefeitura ao lado do hospital de Quaraí — Foto: Sinara Fernandez/Arquivo Pessoal

Uma campanha iniciada pela Prefeitura de Quaraí, no Rio Grande do Sul, está gerando muita polêmica devido ao slogan adotado pela Secretaria Municipal da Saúde para abordar o tema de planejamento familiar, segundo reportagem do G1.

Um outdoor foi fixado ao lado do hospital da cidade e um banner foi publicado na página da prefeitura no Facebook com a frase “Só tenha os filhos que puder criar”.

Em entrevista ao G1, a secretária municipal da Saúde, Fabiana Saldanha, afirmou que o objetivo da campanha era contribuir para a reflexão sobre o assunto.

Além do slogan principal, o banner diz: “Não tem condições emocionais, pessoais e econômicas? Pense bem antes de ter filhos! #AEscolhaÉSua”.

O presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (Cremers), Fernando Matos, disse ao G1 que campanha é bem-vinda e faz com que as pessoas pensem.

A campanha repercutiu ainda mais após a publicação de uma foto do outdoor no Facebook pela artesã Sinara Fernandez, de 50 anos, natural de Quaraí, que mora no Litoral Norte gaúcho. Em menos de 10 dias, o post superou a marca de 125 mil compartilhamentos, além de mais de 10 mil curtidas e 2 mil comentários.

A secretária da Saúde de Quaraí informou ainda ao G1 que, seis meses depois de a campanha ser lançada, o objetivo foi atingido, apesar das polêmicas. Fabiana também afirmou que até mesmo outros municípios chegaram a entrar em contato para saber como tinham sido a realização e a receptividade da campanha.

Um comentário:

  1. Eu também! Eu sou obrigado a fazer algumas perguntas em cada flagrante. A primeira é quantos filhos tem, se mora com o declarante, se paga pensão ou se eles dependem financeiramente do preso.

    As maiorias das respostas são, sim, tenho quatro, cinco ou seis filhos, não moram comigo e sim com as genitoras, sendo todos menores, de duas ou três mulheres diferentes, quando a atual, a terceira e a quarta, não está grávida.

    Sempre assim! Eu não tenho coragem, apesar de ter muito amor paterno e querer cuidar e educar, de pensar em ter outro filho. Pode ser que tenha mais um no futuro, mas ainda, não tenho coragem.

    Mas o preso, traficante, ou ladrão, ou praticante de qualquer outro crime, tava fazendo bico com trabalho lícito e carteira assinada, ainda recebe auxílio reclusão para cada filho nascido.

    Eu sou Jair Messias Bolsonaro, muitas coisas já mudaram para melhor, mas ainda falta muita educação sexual no ensino médio e rever estes auxílios vagabundos.

    Não mereço pagar, com o suor do meu trabalho e dos impostos que eu pago em cada mercadoria que eu compro, auxílio para criar filho de bandido.

    Sou muito pragmático. Não tem condições de criar e educar, que seja feita a opção de laqueadura ou vasectomia no cidadão. Se tiver filho, tem que trabalhar exclusivamente para cuidar do sustento, seja dentro ou fora da cadeia.

    Eu ainda acredito que A VASECTOMIA seja a melhor opção! Você retira munição da arma e não tem como acertar no alvo.

    ResponderExcluir

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE