botão up

menu

adsense


YOUTUBE

icones redes sociais

clinica

clinica

CONECTA

CONECTA

notifiçasoes

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Mulher diz que ficou 8 dias sem fornecimento de água em Jussiape


Foto: Will Assunção/JUP

 Rosa Caires, moradora do bairro do Campo, afirmou ter ficado mais de oito dias sem fornecimento de água em sua residência em Jussiape. A dona de casa, que participou da última sessão na Câmara na sexta-feira (06), alegou que a água só chega às residências nessa parte da cidade após reclamações constantes pelo telefone.

O contrato entre o município e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento está previsto para vencer em 2019. A moradora questionou também um funcionário da concessionária que, segundo disse em plenária, não foi encontrado nas dependências da empresa no município. Rosa Caires afirmou ainda que não tem conseguido falar com o responsável pelo escritório local da Embasa em Jussiape pelo telefone.

A moradora comentou que teve que compartilhar água com outros moradores do bairro onde mora, e que eles não tiveram coragem de ir à Câmara questionar a Embasa. Ela chegou a afirmar que crianças tiveram que tomar banho no rio das Contas por conta da escassez de água no bairro onde fica a estação de tratamento da água.

O vereador Raul de Cássio (PDT) disse que a concessionária decidiu diminuir a quantidade de água distribuída aos moradores devido à pouca vazão do rio.
Em discurso, o vereador Edilando Brandão (MDB) afirmou que a Embasa “coloca os funcionários que a Prefeitura manda”. Em seguida, o emedebista expressou o seu descontentamento com a empresa. “Eu não suporto a Embasa”, pontuou.

O presidente Jadiel Mendes (PSD) esclareceu que a Prefeitura indica um funcionário, mas problemas com o fornecimento de água é de responsabilidade da concessionária.
Fonte: jussiup.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA