botão up

menu

adsense


YOUTUBE

icones redes sociais

CONECTA

CONECTA

clinica

clinica

notifiçasoes

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Três pessoas são indiciadas por divulgação de fotos íntimas de mulher em Novo Horizonte



Foto: Reprodução

A Delegacia Territorial de Novo Horizonte-BA, concluiu nesta quinta-feira, 04, inquérito que apura a divulgação em redes sociais de nudez sem consentimento. Os responsáveis podem ser condenados a cumprir pena de até 5 anos de prisão.

As investigações sobre fato ocorrido no dia 05/06/2019, ocasião em que algumas pessoas compartilharam fotos nuas de uma mulher sem o seu consentimento. As fotos foram divulgadas de forma individual e em um grupo de WhatssApp denominado “Miguinhos”.
A Polícia Civil identificou que o maior VANILSON NASCIMENTO SANTOS e um adolescente publicaram e divulgaram fotos nuas da vítima no referido grupo de WhatssApp, onde participavam ao menos 25 pessoas. No caso, todos eles foram investigados até que se chegasse naqueles que divulgaram as fotos. Apurou-se ainda que JAILTON MACEDO DOS SANTOS foi quem publicou e divulgou as mesmas cenas de nudez para VANILSON.
VANILSON e JAILTON foram indiciados pelo crime contido no art. 218-C do Código Penal, que tipifica a divulgação de cena de estupro ou de cena de estupro de vulnerável, de cena de sexo ou de pornografia, cuja pena de prisão é até 05 (cinco) anos.
Foi instaurado BOC nº003/2019 em relação ao adolescente.
Naqueles casos em que esse tipo de crime é praticado por pessoa que mantém ou tenha mantido relação íntima de afeto com a vítima ou com o fim de vingança ou humilhação, a pena de prisão pode chegar a te 08 (oito) anos e 03 (três) meses.
Fonte: Delegado Paulo Henrique de Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA