botão up

menu

adsense


YOUTUBE

icones redes sociais

clinica

clinica

CONECTA

CONECTA

notifiçasoes

sábado, 27 de julho de 2019

“Superação”: após andar mais de 1.000 km durante 34 dias, peregrino de Minas Gerais chega ao Santuário do Bom Jesus da Lapa


Recepção no Santuário do Bom Jesus

O peregrino  Juarez Antônio de Paula, 52 anos, que saiu a pés de Itaguara , zona metropolitana de Belo Horizonte (MG), no dia 23 de junho, em direção à Capita Baiana da Fé, chegou em Bom Jesus da Lapa no final da  tarde desta sexta-feira(26) depois de percorrer 1.041 quilômetros por estradas e rodovias do país.

De acordo com Juarez, ele só despertou para o caminho religioso, após superar a dependência química em álcool e tabagismo, e entender que foi um  milagre de Deus em sua vida.

Ele destaca que durante os 30 dias de caminhada e 4 de descanso, ele foi bem acolhido por onde passava, recebendo apoio dos moradores das cidades por onde passou e  de motoristas nas rodovias, o que possibilitou  fortalecer ainda mais a sua fé.



Na chegada do Santuário do Bom Jesus, Juarez foi recebidos por fiéis e religiosos que já o aguardavam. “É uma sensação muito forte você chegar, e ver que cê deu conta de cumprir a missão. Era um sonho que eu tinha de vim cá para agradecer, que a gente fica sem palavras”, disse.
Em entrevista ao site Notícias da Lapa, Juarez  destaca, que  ao chegar no santuário do Bom Jesus foi uma grande vitória, e mostra que qualquer uma que está no vício da dependência química, que quer sair e não consegue, precisa se apegar com Deus. “Porque só Ele mesmo. Eu passei uma vida muito sofrida, e enquanto eu não agarrei na mão de Deus mesmo, através de nossa Senhora Aparecida, não fui libertado.

Apoios das pessoas nas rodovias

Ele agradece, e diz que a sua vida hoje é outra, e dá um recado para quem está na luta contra a dependência. “O que eu falo, é para não desanimar, procura a Deus. Procura, procura e procura, que você pode ter certeza que Deus vai ouvir e vai entrar em sua vida, como entrou na minha. Hoje, graças a Deus, tenho que agradecer muito. Pois sei, a força que Deus faz por mim. Essa energia para sair de minha cidade e caminhar até aqui, me faz sentir mais forte. Então, não podemos desanimar não, precismos procurar a Deus”, frisou.

Cidade de Riacho de Santana

“E talvez, pareça que caminhar seja o caminho para procurar a Deus, não. Pode ter certeza que Deus dá um dom para cada pessoa, dentro daquilo que você precisa. É só entregar o coração a Deus, que Ele vai mostrar o que será preciso fazer, de útil, para melhorar a vida da gente, e talvez até melhorar a vida dos outras pessoas. Porque através de uma bênção de uma pessoa, você procura mais a Deus. E falo isso por mim, porque foi através do que eu vir os outros fazer, que eu mudei. Porque eu pensei muitas vezes que não dava conta, mais agora estou mais forte, e sei que preciso continuar, melhorando o meu estilo de vida, ajudando a vida dos outro, e buscando aprender para fortalecer a minha fé”, afirmou.

Juarez finalizou a entrevista, agradecendo as pessoas que o incentivaram durante a caminhada, mostrando para ele, com mais certeza, que as boas ações podem ajudar outras pessoas. Já que muita gente precisa de uma referência [pessoas], para encontrar Deus, e superar suas limitações.

A cruz que Juarez carregou durante a viagem foi deixada na Gruta dos Milagres, no Santuário do Bom Jesus da Lapa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

MAIS LIDAS DA SEMANA