icones redes sociais

MENU

voz

cido

cido

clinica

clinica

COMPARTILHE COMSEUS AMIGOS

adsense

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Datafolha: Rejeição a Haddad passa de 22% para 29% em dez dias


A rejeição ao ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) passou dos 22% registrados em 10 de setembro, um dia antes de confirmar sua candidatura na cabeça de chapa do PT, para 29% em nova pesquisa divulgada pelo Datafolha nesta quinta-feira (20).

Ou seja, tanto as intenções de voto para o substituto de Lula quanto a rejeição a ele cresceram sete pontos percentuais em dez dias. Esta foi a mudança mais significativa entre as pesquisas publicadas no mês de setembro.

Neste sentido, o petista está empatado tecnicamente com a ex-senadora Marina Silva (Rede), que passou de 29% para 32% no mesmo período. O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), que lidera as intenções de voto com 28%, mantém a maior rejeição entre os presidenciáveis, oscilando de 44% para 43%. 

O cenário se assemelha ao apontado pela última pesquisa Ibope, publicada na terça-feira (18). Nela, a rejeição a Bolsonaro oscilou de 41% para 42%; já o índice de Fernando Haddad (PT) cresceu de 23% para 29% em uma semana. 

Sem fatos novos entre esta e a última pesquisa do Datafolha, publicada no dia 14 de setembro, a tendência é de estabilidade na rejeição de outros candidatos.

O instituto entrevistou 8.601 eleitores de 323 municípios na terça e na quarta (19). A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa foi contratada pela Folha e pela TV Globo e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-06919/2018.
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS DA SEMANA: