face twitter youtube

Fan page on Facebook Follow me Youtube Channel Ree feed

MENU

CIDO

CIDO

sociais compartilhar

NOSSA CLNICA

NOSSA CLNICA

sábado, 3 de março de 2018

Curitiba: “Chupa-frango”? Mais de 50 galinhas são mortas e caso macabro assusta dona de viveiro

Todas as galinhas mortas apresentavam sinais de violência e pareciam estar sem coração. Foto: Colaboração/Márcia Batista da Silva

Moradores do Bairro Alto acordaram, nesta semana, com um mistério no quintal de casa na Rua Marquês de Abrantes. Pouco mais de 50 aves que eram criadas pela família de Márcia Batista da Silva, 48 anos, amanheceram mortas e o pior: com marcas de algo que parece ter sido até um ritual.

O caso macabro foi descoberto na manhã de na terça-feira (27). “Só descobrimos quando fomos alimentá-los. Estranhamos que todos estavam deitados, aí quando chegamos mais perto, vimos que estavam mortos. Começou um mistério pra gente”, contou a mulher.

um dos bichinhos mortos misteriosamente

Segundo Márcia, todas as aves tinham sinais de violência e, aparentemente, estavam com o coração arrancado. “A gente não chegou a ver se de fato retiraram o coração, mas os bichinhos estavam com um buraco no peito, na direção em que fica o órgão. O pior e o que mais nos chocou, é que não havia sangue no espaço em que elas estavam”.

De todos os patos, perus, galinhas e gansos mortos, apenas duas galinhas sobreviveram. “Acho que só escaparam porque estavam empoleiradas em algum canto, por isso não foram vistas. Mas até agora ninguém entendeu o que aconteceu”.

A moradora disse que muitas suspeitas começaram sobre o que pode ter acontecido, mas apesar disso, nenhuma certeza. “Por ser período de quaresma, começamos a levantar suspeitas de algo relacionado a alguma religião contrária, algo assim. Muitas suspeitas e muitas suposições, mas porque a gente não consegue entender o que aconteceu em casa”.

Ação silenciosa
Márcia contou que, além de não ter sangue no terreno, ninguém em casa acordou durante a madrugada e o portão não foi arrombado. “Eu fui dormir tarde, minha filha chegou mais tarde ainda. O interessante é que ninguém de nós ouviu o barulho dos bichos gritando. E os gansos costumam fazer muito barulho. Tudo muito estranho”.

A dona do viveiro disse não acreditar que alguém que quisesse se vingar da família tenha matado os bichos. “Até porque na rua todo mundo sabia que criávamos as aves e somos amigos de todos. Moramos há mais de 20 anos aqui e nunca tivemos atrito com ninguém. Muito estranho”, completou Márcia, que disse que a polícia ainda não foi procurada, mas que a família está pensando em registrar o boletim de ocorrência.

Entre as suspeitas, os vizinhos começaram a comentar que algum bicho poderia ser o responsável pelo ataque. “Falaram de chupa cabra, igual no passado, quando alguns animais foram mortos, mas acho que isso é lenda. Mesmo assim, estamos com medo, porque tudo é possível, né? Se fosse uma ou duas aves, até acharíamos que podia ser um cachorro, mas todas é muito assustador”.

Conforme a mulher, os familiares fizeram contato com a prefeitura de Curitiba e uma equipe deve buscar, pelo menos, um animal para fazer uma análise. “Talvez assim nós vamos descobrir pelo menos o que aconteceu e conseguiremos então dar um fim pra esse mistério”.
Fonte: tribunapr.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário