voz

clinica

clinica

flutuante

COMPARTILHE COMSEUS AMIGOS

redes sociais

MENU

8 de janeiro de 2018

Luzes misteriosas no céu de Jussiape intrigam notívagos

Luzes se movem no céu de Jussiape Foto: Will Assunção/JUP

É verão, e em Jussiape, na Chapada Diamantina (BA), todos costumam aproveitar as férias para ficar acordado até tarde da noite, passando o tempo com os amigos na porta de casa ou em alguma praça, já que a temperatura nessa época do ano passa facilmente dos 25ºC.

A essas horas, na calada da noite, muita coisa acontece: de assalto a bancos a fenômenos ainda sem explicação, mas que sempre buscamos compreender.

Desta vez, na madrugada do último sábado (6), um grupo de amigos, que estava no centro da cidade, notou a presença de luzes que se moviam no céu. À primeira vista, todos, inclusive eu, atribuíram as luzes à sinalização da torre da TIM. Mas, após observar por mais algum tempo, ficou claro que as luzes misteriosas haviam se movido mais para o alto. Então, logo descartamos essa possibilidade. As luzes se moviam juntas, ora parecia possuir duas cores – uma amarelada outra vermelha – ora se distinguiam por ser uma maior que a outra.

Buscamos outras explicações: talvez alguma obviedade como o reflexo dos faróis de carros e motos nas estradas que ficam entre os morros naquela direção. Levamos em conta a possibilidade de alguém ter subido, naquele instante, o Cruzeiro, morro onde fica instalada a torre. No entanto as luzes estavam muito acima do morro e da torre. Poucos segundos após levantarmos as mais diversas hipóteses, que incluíram balões atmosféricos, astros, luzes dos postes, aeronaves, drones, lanternas, faroletes e todo tipo de material que tenha capacidade de produzir luz, nenhuma delas explicava com o que foi visto no céu. 
Na noite do domingo (8), eu, como repórter, no intuito de escrever sobre o acontecido para a Jussi Up, fui verificar se as luzes tornariam a aparecer no mesmo local. Verifiquei em diferentes horários o céu, na mesma direção em que as luzes haviam aparecido no sábado, para constatar se o evento se repetiria na noite de ontem. Comecei a checagem às 22h30. No início a expectativa era de que acharíamos uma explicação lógica, mas até então nenhuma luz foi avistada. Das 23h às 00h, nenhum sinal no céu. Neste momento voltei a questionar o que seria, afinal, as luzes daquela noite. Minha última verificação foi das 0h30 às 2h, mas nenhum sinal das luzes.

É comum, na Chapada Diamantina, região onde fica localizado o município de Jussiape, eventos envolvendo OVNIs (objetos voadores não identificados) serem relatados por moradores e visitantes. Por ser considerado um lugar místico, a Chapada recebe anualmente milhares de visitantes a procura de experiências que transcendem a compreensão humana.
Fonte: jussiup.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

LEIA TAMBÉM: