clinica

clinica

flutuante

COMPARTILHE COMSEUS AMIGOS

redes sociais

MENU

24 de outubro de 2017

Adolescente toca fogo na escola após chegar na sala de aula atrasado.


Dois jovens, um de 14 e outro de 19 anos, foram detidos após incendiarem uma escola pública em Feijó (AC), a cerca de 340 km da capital Rio Branco.  
A escola estadual rural Escola Vicente Brito de Sousa ficou completamente destruída após o crime, realizado na madrugada do último sábado (21). 
Interrogado pela polícia, o menor de 14 anos disse que ateou fogo à escola porque havia sido repreendido por um professor após chegar na sala de aula atrasado e muito suado após jogar futebol. Após ser apreendido e prestar depoimento à polícia, o menor foi encaminhado ao conselho tutelar. Já Carlos da Luz Ribeiro, de 19 anos, que o ajudou na ação, foi encaminhado ao presídio da cidade. 
O incêndio, que deixou quase 100 alunos sem aulas, destruiu grande parte da estrutura da escola, além de todo o material didático, merenda e computadores. "Isso é uma afronta a toda sociedade, destruir um bem que atendia mais trezentas pessoas indiretamente e quase cem alunos ficaram sem aula", afirmou o delegado José Obetanio, responsável pelo caso. 

A polícia identificou os autores do incêndio na manhã de sábado, após receber informações de moradores da região e alunos da escola. Fonte: Tribuna Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

LEIA TAMBÉM