icones redes sociais

MENU

voz

cido

cido

clinica

clinica

COMPARTILHE COMSEUS AMIGOS

adsense

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Mil bois morrem em Mato Grosso do Sul sob suspeita de botulismo

Na silagem da Fazenda Monica Cristina, em Ribas do Rio Pardo, foi encontrado bolor Foto: Marca Sete

Cerca de 1,1 mil bois confinados morreram na semana passada com suspeita de botulismo na Fazenda Monica Cristina, em Ribas do Rio Pardo, em Mato Grosso do Sul. O Estado é um dos principais produtores de boi para corte do País, com 20 milhões de cabeças.

Especialistas do setor dizem que, nos últimos anos, não se lembram de uma mortalidade tão grande de animais no rebanho nacional causada por doença. O prejuízo estimado da 7 Pecuária, dona do rebanho, que estava quase pronto para o abate, é de R$ 2 milhões.
Luciano Chiochetta, diretor-presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul (Iagro), disse que até sexta-feira deverá sair o laudo veterinário sobre o que provocou as mortes. Pelos sintomas apresentados pelos animais – paralisia dos membros e parada cardiorrespiratória – e pelo fato de ter sido encontrado bolor na silagem, há suspeitas de que as mortes tenham sido causadas por intoxicação pela ingestão de toxina botulínica.
Fonte: O Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do PORTAL INÚBIA.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS DA SEMANA: