face twitter youtube

Fan page on Facebook Follow me Youtube Channel Ree feed

MENU

CIDO

CIDO

sociais compartilhar

NOSSA CLNICA

NOSSA CLNICA

quinta-feira, 21 de julho de 2016

ESTADO ISLÂMICO DIVULGA INSTRUÇÕES PARA ATAQUES TERRORISTAS DURANTE AS OLIMPÍADAS



Foto: Getty Images

Com a proximidade dos jogos Olímpicos Rio2016 aumenta a preocupação das autoridades brasileiras e mundiais com um possível ataque terroristas. Esse alerta se acentua depois que extremistas islâmicos divulgaram na rede social Telegram, aplicativo para troca de mensagens, considerado um dos principais concorrentes do WhatsApp, orientações de 17 formas que podem ser usadas em atentados terroristas durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que começam no dia 5 de agosto. Conforme o a especialista norte-americana em contraterrorismo Rita Katz, os terroristas deram instruções para possíveis ataques, assim como um calendários de ataques. De acordo com as informações monitoradas, estão atentados a aeroportos e meios de transporte públicos, esfaqueamento, envenenamento, sequestro de reféns e veiculação de falsas ameaças. Os jihadistas determinaram que os chamados "lobos solitários", pessoas que atuam sozinhas em ataques, se desloquem para o Brasil. 

Na última segunda-feira (18), Rita Katz, que trabalha na agência de contraterrorismo SITE, informou que um grupo no Brasil havia declarado lealdade ao Estado Islâmico. Segundo as investigações o grupo criou um canal no Telegram com o nome "Ansar al-Khilafah Brazil". Essa foi a primeira vez que alguém da América do Sul explicitou uma suposta aliança com o EI. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) divulgou na última terça-feira (19) uma nota oficial garantindo que "todas as ameaças relacionadas aos Jogos do Rio 2016 estão sendo minuciosamente apuradas, em particular as relacionadas ao terrorismo". "Devido à sensibilidade do tema, as ameaças são tratadas, de forma integrada, pelas unidades especializadas de enfrentamento ao terrorismo dos três eixos responsáveis pela Segurança dos Jogos Rio 2016 - Inteligência, Segurança Pública e Defesa", destacou a Abin. A previsão é que cinco mil homens da Força Nacional de Segurança Pública e 22 mil oficiais das Forças Armadas sendo, 14,8 mil do Exército, 5,9 mil da Marinha e 1,3 mil da Aeronáutica, além do contingente fixo do Rio de Janeiro, atuem durante os Jogos Olímpicos. Nesta semana, militares do Exército intensificaram ações de patrulhamento motorizado e a pé na região do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca. As Olimpíadas acontecem a partir do dia 5 de agosto com a cerimônia de abertura no Maracanã e vão até o dia 21 do mesmo mês. 
Via: l 12 Sudoeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário